bootstrap html templates

BLOG

Afinal, quanto custa casar na Itália?

Essa é a pergunta que não quer calar quando se fala em Casamentos na Itália.
E realmente, não é uma questão fácil.

Quanto custa casar na Itália




Depende de inúmeros fatores, e a ideia desse post não é dar uma resposta definitiva, mas dar algumas noções de valores para que vocês possam avaliar se esse sonho é viável.


NÚMERO DE CONVIDADOS

Tudo começa com o número de convidados. Essa é uma questão que costuma ser bem complicada para os noivos. Vocês não precisam saber exatamente o número final nesse primeiro momento, porém é importante saber aproximadamente o número de pessoas, pois isso irá influenciar, e muito, na escolha do local.

Pensem que, a partir do momento em que escolheram realizar o casamento em outro país, aquela “obrigação” de convidar todo mundo não existe, e essa é só uma das inúmeras vantagens de realizar um Destination Wedding na Itália!


ESCOLHA DO LOCAL

De acordo com o número de convidados, iremos definir o local da recepção. 

Em todas as regiões da Itália existem diversas tipologias de espaços, com valores bem distintos: 

O local possui hospedagens ou é somente um espaço para eventos? 

É um hotel 5 estrelas ou um espaço mais rústico? 

Um palácio histórico ou um castelo?

Tudo isso irá influenciar muito no valor do espaço.

Então, vale a pena pensar bem sobre qual tipo de espaço tem mais a cara de vocês e o estilo do casamento que pretendem realizar. Um bom papo com a sua Wedding Planner é a melhor saída para entenderem os prós e contras de cada opção.

O passo seguinte é considerar todos os demais serviços que serão contratados. 

Assim como no Brasil, na Itália existem excelentes fornecedores (inclusive muitos brasileiros) nos diversos setores de prestação de serviços para casamentos, e os valores também variam de um profissional para outro. 

Mas, obviamente, os valores também variam de acordo com as escolhas dos noivos. Por isso os noivos devem sempre se perguntar: quais são as nossas prioridades? 


SERVIÇO DE CATERING

O primeiro serviço a ser definido é o serviço de catering. 

A empresa de catering é aquela responsável por tudo ligado à alimentação. Mais do que um buffet, o catering fornece também toda a estrutura necessária: profissionais, mesas e cadeiras, louças e talheres.  

Alguns locais contam com catering interno e outros trabalham com empresas terceirizadas. 

Como alimentação é assunto sério aqui na Itália, existem excelentes empresas nesse setor por aqui. 

O valor irá variar de acordo com a empresa contratada, tipo de serviço, menu escolhido e bebidas.


DECORAÇÃO

A definição do estilo de decoração caminha de mãos dadas com a escolha do local, pois o local irá influenciar muito na escolha do estilo e quantidade de decoração. 

É claro que o casamento tem que ter a cara dos noivos, e por isso o estilo de decoração tem que combinar com a personalidade dos noivos. 

Além de flores, temos sempre que pensar em um projeto de iluminação especial. Afinal quem não sonha com aquelas luzinhas fofas quando pensa num casamento rústico na Itália, por exemplo?


MÚSICA

Aqui as possibilidades são inúmeras, e todo brasileiro gosta de boa música e animação!

Nesse caso temos que pensar em cada etapa do dia do casamento.

Começamos pela cerimônia. Será na Igreja ou em um jardim? De acordo com o tamanho do local e número de convidados iremos definir se teremos um duo, um trio, um quarteto e assim por diante. 

Depois da cerimônia, os noivos geralmente recebem os cumprimentos durante um coquetel, o famoso aperitivo italiano. Nesse momento podemos ter um divertido trio com músicas típicas italianas, por exemplo. É sucesso garantido!

Já durante o jantar, muitos noivos preferem ter apenas música de fundo, pois todos os convidados estarão sentados às mesas comendo e conversando animadamente. Mas ter música ao vivo durante o jantar é animação certa! Já pensou em ter um tenor cantando durante o jantar? 

Após o jantar, finalmente é o momento da tão esperada pista de dança! E o que não pode faltar é um ótimo DJ, que poderá animar a pista sozinho ou com a presença de músicos aos vivo. O que importa é dançar muito! 


FOTO E VÍDEO

Eu costumo dizer que um dos pontos a ser priorizado no casamento é foto e vídeo. 

Afinal, é a lembrança que vocês terão para sempre, a eternização desse momento tão especial. 

Que bom poder ter uma linda recordação, para um dia mostrar aos filhos ou até mesmo aos netos!

Existem profissionais excelentes na Itália e, assim como no Brasil, o preço varia de um profissional para outro. 


OUTROS SERVIÇOS

Além de tudo que elenquei acima, existem outros tantos detalhes que irão deixar o casamento com a cara dos noivos: um carrinho de gelato durante a festa, um ângulo com conhaque e charutos, lembrancinhas e tudo mais que a nossa criatividade permitir!

Se vocês chegaram até aqui, devem estar se perguntando: 

Mas e aí, Raquel Polato? Afinal, quanto custa casar na Itália? 

Bem, já deu para perceber que não existe uma resposta exata para essa pergunta, né? 

Pela minha experiência de tantos anos nesse mercado, posso afirmar que o ideal é pensar em um custo por convidado. Claro que alguns valores, como por exemplo o custo do fotógrafo ou do cantor, são fixos e não mudam de acordo com o número de pessoas, mas assim fica mais fácil o raciocínio para os noivos, e ajuda também a definir o número de convidados. 

“Tá bom, Raquel. Entendi. Mas afinal, qual é esse valor?” 

 Levando em consideração todos os serviços envolvidos, podemos dizer que o valor para um casamento na Itália é em torno de Euro 800 por convidado se pensarmos em um mínimo de 30 convidados. Esse valor pode variar bastante. Tendo um número maior de convidados esse número poderá diminuir, mas isso depende muito das escolhas e prioridades dos noivos. Assim como, pelo mesmo motivo, esse número poderá aumentar bastante. 

“Mas infelizmente eu não tenho todo esse budget. Devo deixar o meu sonho de lado?”

Não necessariamente! 

Se o casal está disposto a fazer algumas concessões, sempre existe a possibilidade de transformar um sonho em realidade, ajustando daqui, adaptando de lá, por que não?

Existem alguns restaurantes ou até mesmo pequenas vinícolas onde é possível realizar um maravilhoso almoço de casamento, e nesse caso o valor é bem menor. 

Espero ter conseguido esclarecer um pouquinho essa dúvida que é tão comum entre os casais que desejam realizar um casamento na Itália.

Porém mais que isso, espero conseguir ajudá-los a transformar esse sonho em realidade!